VIVA A CRECHE!

Uma rápida consulta à Wikipédia permite-nos obter uma breve definição da resposta social Creche: “Uma creche é um estabelecimento educativo que ministra apoio pedagógico e cuidados às crianças com idade até três anos de idade. Conforme o país e o seu sistema educativo, a creche pode integrar-se na educação pré-escolar ou na educação infantil.”

De acordo com o Manual de Processos-Chave da Creche[1], editado pelo Instituto da Segurança Social, IP, A Creche constitui uma das primeiras experiências da criança num sistema organizado, exterior ao seu círculo familiar, onde irá ser integrada e no qual se pretende que venha a desenvolver determinadas competências e capacidades.”

Segundo um estudo recente – Early childcare type predicts children’s emotional and behavioural trajectories into middle childhood. Data from the EDEN mother–child cohort study[2]as crianças que beneficiaram de uma resposta social coletiva do tipo creche denotam menos problemas emocionais e relacionais durante os seus primeiros anos de frequência da escolaridade obrigatória.

O estudo permitiu aos investigadores analisar mais de 1400 crianças, desde a data do seu nascimento até à idade de 8 anos. A análise efetuada permitiu observar uma correlação entre a frequência de uma resposta social, que permite a interação da criança com os seus pares, e uma personalidade mais calma e empática. As crianças que frequentaram, pelo menos um ano, uma creche apresentam-se mais equilibradas do que aquelas que foram cuidadas por uma ama ou no seio da sua família.

Se for trabalhada precocemente a socialização, o valor da partilha e o respeito pelas regras, poder-se-á potenciar o desenvolvimento das competências psicossociais das crianças, facilitando-lhes a adaptação aquando da entrada no ensino pré-escolar e básico.

Num país como Portugal em que assistimos a um acelerado envelhecimento demográfico – nascem cada vez menos crianças e a esperança de vida tem vindo a aumentar – fará todo o sentido criarem-se políticas de apoio à natalidade.

Uma das medidas deverá passar pelo aumento da capacidade instalada da resposta social creche e também pelo reforço dos apoios às famílias que por ela optem, dando especial atenção às de menores rendimentos para que não desistam de ter filhos pela incapacidade de encontrarem uma resposta de qualidade e acessível, tendo em linha de conta o orçamento exíguo de que dispõem.

[1] http://www.seg-social.pt/documents/10152/13673/gqrs_creche_processos-chave/5336ef3a-bbae-4297-a12d-de678dfeb347

[2] http://press.psprings.co.uk/jech/september/jech210393.pdf

José Carreira – Presidente das Obras Sociais Viseu

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

4º Congresso de Envelhecimento Ativo: Atividade Física e Saúde

O Município de Viseu, em parceria com a Escola Superior de Educação de Viseu, organiza o 4º Congresso de Envelhecimento Ativo: Atividade Física e Saúde que tem lugar na Aula Magna e no Pavilhão Multiusos do Instituto Politécnico de Viseu.

O 4º Congresso de Envelhecimento Ativo: Atividade Física e Saúde tem como Parceiros Institucionais o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a Fundação do Desporto.

Estarão também representadas a Comissão Intersectorial para a Promoção da Atividade Física e o Programa Nacional de Promoção para a Atividade Física (PNAPAF-DGS).

Esta edição apresenta, como Parceiros Estratégicos, a Associação Portuguesa de Gestão de Desporto (APOGESD), a Rede de Escolas com Formação em Desporto do Ensino Superior Politécnico Público (REDESPP), a Rede de Universidades Séniores (RUTIS), a Associação Portuguesa de Fisiologistas do Exercício (APFE), a Associação Portuguesa de Psicomotricidade (APP), a Associação Portuguesa de Técnicos de Exercício Físico (APTEF), a União Portuguesa dos Diretores e Técnicos de Exercício Físico (UPDTEF), a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), Associação Portuguesa para a Promoção do Envelhecimento Ativo e Saudável (APpEAS) e a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP).

Os Parceiro Científicos do Congresso são a Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV-IPV), a Escola Superior de Saúde de Viseu (ESSV-IPV), a Universidade Católica Portuguesa (UCP) e a Escola Superior de Saúde Jean Piaget (ESS Viseu).

Na continuidade das três anteriores edições, este Congresso tem como objetivo a reflexão e o debate acerca da problemática do Envelhecimento Ativo baseado num paradigma biopsicossocial e dos desafios presentes e futuros que se colocam às instituições públicas, a nível central e local; dos benefícios de uma abordagem interdisciplinar entre as áreas do Desporto/Atividade Física e Saúde; partilhar e difundir boas práticas, a nível nacional, de promoção de estilos de vida mais saudáveis, participativos e de maior qualidade de vida e felicidade.

Mais informações muito brevemente em VISEU ATIVO e no SITE do congresso.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Relatório do Conselho Nacional da Educação 2017

Consulte o Relatório do Conselho Nacional da Educação 2017:
CLIQUE AQUI…
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

É BENÉFICO PROLONGAR A FREQUÊNCIA NO JARDIM DE INFÂNCIA

  • Relatório do Conselho Nacional da Educação alerta que alunos que entram com 5 anos no 1.º Ciclo chumbam mais que os outros.

 

  • Especialistas defendem ser benéfico, para algumas crianças, prolongar a frequência no jardim de infância.

Clique aqui e leia o trabalho da jornalista Alexandra Inácio, no Jornal de Notícias.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

TRI EXPERIENCE – 27 JANEIRO ÀS 10H00 – FORLIFE

Em nome do Centro de Apoio Alzheimer Viseu (Obras Sociais Viseu), agradeço o apoio que nos é dado pelo ForLifeJS Clínica – Clube Triatlo Viseu, parceiros e atletas participantes ao doarem o valor da inscrição do evento TRI Experience ForLife para que possamos continuar a nossa missão: apoiar as pessoas com demência, os seus cuidadores, familiares e amigos.
🏊‍♀🚴‍♂🏃‍♂ – TRI EXPERIENCE – 27 JANEIRO ÀS 10H00.
INSCREVA-SE PARA: NADAR-PEDALAR-CORRER-APOIAR
🏊‍♀🚴‍♂🏃‍♂
QUEM AJUDA A NÃO ESQUECER, NÃO SERÁ ESQUECIDO
🏊‍♀🚴‍♂🏃‍♂
TRI Experience ForLife
ForLife
JS Clínica – Clube Triatlo Viseu
VISEU Triathlon
IPSS – Obras Sociais Viseu
OBRAS SOCIAIS DO PESSOAL DA CM E SM DE VISEU
RLIS VISEU
ViseuIgual

Para saber mais, clique aqui…

EVENTO NO FACEBOOK

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

GRUPO AJUDA MÚTUA – CUIDADORES DE PESSOAS COM ALZHEIMER E OUTRAS DEMÊNCIAS

GRUPO AJUDA MÚTUA – CUIDADORES DE PESSOAS COM ALZHEIMER E OUTRAS DEMÊNCIAS

  • Venha partilhar connosco as suas dúvidas…queremos escutar o que tem para nos contar!
  • Acreditamos que podemos ajudá-lo/a, a troca de experiências entre cuidadores tem um efeito terapêutico benéfico.
  • Mesmo que considere que não necessita de apoio poderá ajudar quem precisa apenas pela partilha da sua experiência.

    INFORMAÇÕES:
    centroapoioalzheimerviseu@gmail.com

    232 458 235

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Grupo de Suporte para Cuidadores Formais e Informais de Pessoas com Demência

Decorreu no passado dia 10 de Janeiro a 51ª sessão do Grupo de Suporte para Cuidadores Formais e Informais de Pessoas com Demência do CAAV.
Com inicio do novo ano surge a eminência de fazer o balanço de 2018 e preparar o ano 2019.
Para além da importância de perceber o que move os cuidadores a participarem e permanecerem no grupo, é fundamental explorar as suas necessidades, na sua individualidade, para assim preparar o novo ano.
Em resposta às questões: Porque faz parte do Grupo? e Qual a importância do Grupo para si? Obtivemos respostas simples e objetivas, que continuaram a mover-nos no nosso trabalho diário:
– “Trouxe-me força para poder aceitar”;
-“Não tenho receio de falar”;
-“Encontrei a paz”;
-“Isolei-me com a doença, aqui encontrei um apoio”;
-“Partilhamos o mesmo percalço de Vida”;
-“Exorcizar os meus medos”
-“Tenho com quem falar, compreendem-me”;
-“Ajudou-me a poder compreender melhor como lidar”;
-“Sentimos da mesma forma que o outro”;
– “Sinto-me à vontade”;
-“Quando venho vou um bocadinho renovada”;
– “Sinto-me em família”; (…)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

CAFÉ MEMÓRIA VISEU – “O stress de quem cuida: desafios e estratégias”

A próxima sessão do Café Memória de Viseu terá como tema “O stress de quem cuida: desafios e estratégias” e terá como convidada a Doutora Susana Fonseca, Psicóloga e Professora da Escola Superior de Educação de Viseu.

LOCAL – ESEV

HORÁRIO – 10H00 ÀS 12H00

ENTRADA LIVRE

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

II Seminário – Inovação Social em Viseu Dão Lafões

PROGRAMA

09:00h • Receção dos participantes
09:15h • Sessão de abertura
António Almeida Henriques, Presidente da Câmara Municipal de Viseu
Rogério Mota Abrantes, Presidente da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões
Márcia Martins, Diretora do Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Viseu
Ana Abrunhosa, Presidente da CCDR do Centro
09:45h • “A Rede da Coesão Social Viseu Dão Lafões: do diálogo
interinstitucional ao desenho de projetos intermunicipais”
Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões
João Queirós, Investigador da Universidade do Porto e Docente do Instituto
Politécnico do Porto
10:15h • Assinatura de “Compromisso pela Coesão Social
em Viseu Dão Lafões”
10:30h • Coffee break
10:45h • “Inovação social na resposta ao envelhecimento demográfico
e aos desafios do cuidado: apresentação de experiências”
Moderação: Lia Araújo, Investigadora e Docente na Escola Superior
de Educação do Instituto Politécnico de Viseu
Projeto “Intervenção dos cuidados de saúde primários na comunidade,
em Viseu Dão Lafões”
Rita Figueiredo, Conselho Clínico e Saúde do ACES Dão Lafões
Projeto “Universidade Sénior de Nelas”
Minda Santos, Coordenadora da Universidade Sénior de Nelas
Projeto “Sorriso Sénior”
António Simões, Presidente da Liga dos Amigos do Centro de Saúde
de Alfândega da Fé
Projeto “RHAPSODY: Programa de Informação e Suporte para Cuidadores
de Pessoas com Demência de Início Precoce”
Graça Melo, Professora Doutora da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa
12:30h • Debate
13:00h • Sessão de Encerramento
Cláudia Joaquim, Secretária de Estado da Segurança Social (sujeito a confirmação)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Explicando as Demências

Foi apresentado o Volume I, da Colecção “Explicando as Demências”, organizado pelo Centro Apoio Alzheimer Viseu, editado pelas Edições Esgotadas, no âmbito da actividade “Nas Freguesias para Lembrar”, do projeto CLDS 3G Viseu Igual. 

Informamos que os participantes no Seminário / Encontro Alzheimer e Outras Demências, que tenham interesse em aceder ao manual “Explicando as Demências”, poderão fazê-lo nas instalações do CLDS 3G Viseu Igual e / ou do Centro Apoio Alzheimer Viseu:
Rua João Mendes, Rés-do – Chão
232 452 271 / 232 458 235
centroapoioalzheimerviseu@gmail.com
clds3gviseuigual@gmail.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon