Centro Apio Alzheimer Viseu – CAAV

A VOZ DO ROCK NO 4.º ANIVERSÁRIO DO CAFÉ MEMÓRIA VISEU

O 4.º aniversário do Café Memória de Viseu será celebrado no no dia 27 de Abril, na Escola Superior de Educação de Viseu, das 10H00 às 12H00 e conta com a participação do coletivo “A Voz do Rock“.

A VOZ DO ROCK  – colectivo de avós composto na sua maioria por octogenários de Viseu há 5 anos que desafia o estereótipo da idade e prova que é possível envelhecer e simultaneamente “optar pelo que faz o coração vibrar” (Osho).

Aqui opta-se pelo rock e pelas suas canções que geralmente não se fazem ouvir em vozes de pessoas tão velhas.

É assim que os A VOZ DO ROCK rompem fronteiras entre gerações e excedem os limites da própria condição humana apresentando uma imagem positiva do envelhecimento que se traduz numa performance musical encenada que, acima de tudo, celebra o prazer da partilha musical e da própria vida. Direcção Musical e Artística: Ana Bento Intérpretes: Alcina Pereira, Augusto Gomes, Celso Leitão, Eduarda Ferreira, Ilídia Varanda, Lisete Rodrigues, João,
Joaquim Ferreira, José Simões, Judite Salada, António Ferreira, Manuel Fonseca, Maria Alcinda Mendes, Maria Augusta Pinto, Maria Céu Barros, Maria José Marques, Maria Nazaré Cardoso, Miguel Caetano, Ramiro Oliveira, Odete Figueiredo, Virgínia Lourosa e Zulmira Lourenço.

Coletivo Gira Sol Azul: Ana Bento (bateria), Bruno Pinto (guitarra), Jasmim Pinto (trompete), João Augusto (trompa) e Ricardo Augusto (guitarra).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

GAM – “Senti-me realizada como filha”

Decorreu no passado dia 07 de Março a 53ª sessão do Grupo de Suporte para Cuidadores Formais e Informais de Pessoas com Demência do CAAV.
Nesta sessão os Cuidadores/as foram levados a refletir acerca do seu sentimento de gratidão face ao seu papel de cuidador.
A palavra gratidão relaciona-se com a bondade, beleza de dar e receber, de partilha, de ser gentil, generoso e de retribuir. É descrita como emoção, estado de espírito, virtude moral, traço de personalidade, hábito, estado de coping ou simplesmente como uma forma de estar na vida. (Emmons, 2019).
Nos cuidadores de pessoas com demência, ser grato, pressupõe um estado de aceitação da doença por parte do mesmo. Cuidadores com boa capacidade de resiliência sentem gratidão por poderem cuidar dos demais e muitas vezes experienciam sentimentos de superação própria face às adversidades. Para chegar a este estado, o caminho é longo, mas possível.
 
Como forma de compreender melhor o sentimento de gratidão de ser cuidador, partilhamos dois testemunhos:
 
– “Senti-me realizada como filha, senti que afinal valia alguma coisa. Consigo ver-me agora de outra maneira, percebi que fui capaz de fazer a diferença na vida da minha mãe” (O)
 
– “Sinto-me grata porque consegui dar aos meus pais o que não queriam que desse por eles. Depois de muitas coisas acontecerem, como ficarem contra mim, fecharem-me a porta, tratarem-me mal (…) tive força suficiente para ultrapassar isso, sem rancor. Dei tempo ao meu pai para perceber que só lhe fiz bem.” (M)
 
Sandrina Néri
Jenny Silva
Emília Vergueiro
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

EVENTO SOLIDÁRIO TRI EXPERIENCE

Foi hoje entregue ao Centro Apoio Alzheimer VISEU todo o valor angariado no evento Solidário Tri Experience.

AJUDE A NÃO ESQUECER E NÃO SERÁ ESQUECIDO!

BEM HAJA!

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

GRUPO DE AJUDA MÚTUA

“Decorreu no passado dia 14 de Fevereiro a 52.ª sessão do Grupo de Suporte para Cuidadores Formais e Informais de Pessoas com Demência do CAAV.

Sendo este dia comemorado Internacionalmente como sendo o dia do Amor, a sessão foi dedicada à reflexão acerca de temas como qualidade de vida e que influência o amor pode ter na mesma.

Como palavras chave, para os participantes, o amor está diretamente relacionado com o termo afetividade, que vai muito além do amor entre parceiros, mas que pode ser transportado para outras relações interpessoais, nomeadamente as vividas no grupo de suporte.

O tema qualidade de vida depende da faixa etária e do ciclo de vida em que o individuo se insere. De forma a avaliar a qualidade de vida nos idosos a OMS desenvolveu o instrumento complementar WHOQOL-OLD, constituído por 6 facetas, nomeadamente o funcionamento sensorial, autonomia, atividades passadas, presentes e futuras, participação social, morte e morrer e intimidade. Sendo que na análise no âmbito do modelo Rasch permitiram estabelecer a versão Portuguesa, integrando para além das dimensões originais a faceta familiar/vida familiar.

SOMOS TODOS SERES DE AFETOS”

Sandrina Neri
Jenny Silva
Emília Vergueiro

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

TRI EXPERIENCE – 27 JANEIRO ÀS 10H00 – FORLIFE

Em nome do Centro de Apoio Alzheimer Viseu (Obras Sociais Viseu), agradeço o apoio que nos é dado pelo ForLifeJS Clínica – Clube Triatlo Viseu, parceiros e atletas participantes ao doarem o valor da inscrição do evento TRI Experience ForLife para que possamos continuar a nossa missão: apoiar as pessoas com demência, os seus cuidadores, familiares e amigos.
🏊‍♀🚴‍♂🏃‍♂ – TRI EXPERIENCE – 27 JANEIRO ÀS 10H00.
INSCREVA-SE PARA: NADAR-PEDALAR-CORRER-APOIAR
🏊‍♀🚴‍♂🏃‍♂
QUEM AJUDA A NÃO ESQUECER, NÃO SERÁ ESQUECIDO
🏊‍♀🚴‍♂🏃‍♂
TRI Experience ForLife
ForLife
JS Clínica – Clube Triatlo Viseu
VISEU Triathlon
IPSS – Obras Sociais Viseu
OBRAS SOCIAIS DO PESSOAL DA CM E SM DE VISEU
RLIS VISEU
ViseuIgual

Para saber mais, clique aqui…

EVENTO NO FACEBOOK

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

GRUPO AJUDA MÚTUA – CUIDADORES DE PESSOAS COM ALZHEIMER E OUTRAS DEMÊNCIAS

GRUPO AJUDA MÚTUA – CUIDADORES DE PESSOAS COM ALZHEIMER E OUTRAS DEMÊNCIAS

  • Venha partilhar connosco as suas dúvidas…queremos escutar o que tem para nos contar!
  • Acreditamos que podemos ajudá-lo/a, a troca de experiências entre cuidadores tem um efeito terapêutico benéfico.
  • Mesmo que considere que não necessita de apoio poderá ajudar quem precisa apenas pela partilha da sua experiência.

    INFORMAÇÕES:
    centroapoioalzheimerviseu@gmail.com

    232 458 235

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Grupo de Suporte para Cuidadores Formais e Informais de Pessoas com Demência

Decorreu no passado dia 10 de Janeiro a 51ª sessão do Grupo de Suporte para Cuidadores Formais e Informais de Pessoas com Demência do CAAV.
Com inicio do novo ano surge a eminência de fazer o balanço de 2018 e preparar o ano 2019.
Para além da importância de perceber o que move os cuidadores a participarem e permanecerem no grupo, é fundamental explorar as suas necessidades, na sua individualidade, para assim preparar o novo ano.
Em resposta às questões: Porque faz parte do Grupo? e Qual a importância do Grupo para si? Obtivemos respostas simples e objetivas, que continuaram a mover-nos no nosso trabalho diário:
– “Trouxe-me força para poder aceitar”;
-“Não tenho receio de falar”;
-“Encontrei a paz”;
-“Isolei-me com a doença, aqui encontrei um apoio”;
-“Partilhamos o mesmo percalço de Vida”;
-“Exorcizar os meus medos”
-“Tenho com quem falar, compreendem-me”;
-“Ajudou-me a poder compreender melhor como lidar”;
-“Sentimos da mesma forma que o outro”;
– “Sinto-me à vontade”;
-“Quando venho vou um bocadinho renovada”;
– “Sinto-me em família”; (…)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

CAFÉ MEMÓRIA VISEU – “O stress de quem cuida: desafios e estratégias”

A próxima sessão do Café Memória de Viseu terá como tema “O stress de quem cuida: desafios e estratégias” e terá como convidada a Doutora Susana Fonseca, Psicóloga e Professora da Escola Superior de Educação de Viseu.

LOCAL – ESEV

HORÁRIO – 10H00 ÀS 12H00

ENTRADA LIVRE

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Explicando as Demências

Foi apresentado o Volume I, da Colecção “Explicando as Demências”, organizado pelo Centro Apoio Alzheimer Viseu, editado pelas Edições Esgotadas, no âmbito da actividade “Nas Freguesias para Lembrar”, do projeto CLDS 3G Viseu Igual. 

Informamos que os participantes no Seminário / Encontro Alzheimer e Outras Demências, que tenham interesse em aceder ao manual “Explicando as Demências”, poderão fazê-lo nas instalações do CLDS 3G Viseu Igual e / ou do Centro Apoio Alzheimer Viseu:
Rua João Mendes, Rés-do – Chão
232 452 271 / 232 458 235
centroapoioalzheimerviseu@gmail.com
clds3gviseuigual@gmail.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon