Euroticket Creche

No Dia da Criança, 01 de junho, teremos algumas novidades.
As Obras Sociais Viseu integrarão a Rede Credenciada da EDENRED, no âmbito do Euroticket Creche.
O Euroticket Creche® é um vale de apoio à infância com vantagens fiscais e laborais destinado a comparticipar despesas de educação dos filhos dos trabalhadores, dos 0 até aos 7 anos de idade. Está disponível em formato papel ou em formato digital;
Para o pagamento de creches, jardins-de-infância e lactários, é um benefício social concedido pela empresa ao trabalhador totalmente isento de IRS, TSU e com majoração fiscal de 40% em sede de IRC (regulado no DL 26/99, de 28 de janeiro). Dá mais poder de compra para o trabalhador e mais eficiência fiscal para a empresa.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

ℹ️ ESTABELECIMENTO DE ENSINO PRÉ-ESCOLAR:

ℹ️ ESTABELECIMENTO DE ENSINO PRÉ-ESCOLAR:

❇️ COVID – 19: MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLO

A COVID-19 é uma doença causada pela infeção pelo novo Coronavírus (SARS-CoV-2). A doença manifesta-se predominantemente por sintomas respiratórios, nomeadamente, febre, tosse e dificuldade respiratória, podendo também existir outros sintomas, entre os quais, odinofagia (dor de garganta), e dores musculares generalizadas. Com base na evidência científica atual, este vírus transmite-se principalmente através de:

Contacto direto: disseminação de gotículas respiratórias, produzidas quando uma pessoa infetada tosse, espirra ou fala, que podem ser inaladas ou pousar na boca, nariz ou olhos de pessoas que estão próximas (< 2 metros).

Contacto indireto: contacto das mãos com uma superfície ou objeto contaminado com SARS-CoV-2 e, em seguida, com a boca, nariz ou olhos.

 Através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-C/2020, de 30 de abril, o Governo aprovou ainda uma estratégia gradual de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença COVID-19, nos termos da qual definiu o dia 1 de junho como data de reabertura dos estabelecimentos de educação pré-escolar.
 Assim, em cumprimento das orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), estabelecem-se diretrizes para a reorganização do funcionamento de cada estabelecimento de educação pré-escolar.
 Pese, embora, a recomendação atual de distanciamento físico, não podemos perder de vista a importância das aprendizagens e do desenvolvimento das crianças, bem como a garantia do seu bem-estar e direito de brincar. É também essencial considerar que as interações e as relações que as crianças estabelecem com os adultos e com as outras crianças são a base para a sua aprendizagem e desenvolvimento.
 As crianças, bem como o pessoal docente e não docente, com sinais ou sintomas sugestivos de COVID-19 não se devem apresentar no estabelecimento de educação pré-escolar. Quem tiver sintomas deve contactar a Linha SNS24 (808 242424) ou outras linhas telefónicas criadas especificamente para o efeito e proceder de acordo com as indicações fornecidas pelos profissionais de saúde.
 Serão privilegiadas as atividades que decorram no exterior em regime rotativo dos grupos.
Não deve a criança permanecer no estabelecimento de educação por período superior ao estritamente necessário.

🔵 AÇÕES REALIZADAS:

🔷 PRÉ-REABERTURA DO ESTABELECIMENTO DE ENSINO PRÉ-ESCOLAR:
➡️Atualização do Plano de Contingência (elaborado de acordo com a Orientação 006/2020 da Direção Geral da Saúde (DGS);
➡️Nebulização de todos os espaços do estabelecimento de educação Pré-escolar;
➡️Formação das colaboradoras: COVID – 19: MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLO
➡️Reorganização da entrada / saída das crianças, em distintos acesos;
Fornecimento, às colaboradoras dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI);
➡️Todos as colaboradoras usarão máscara cirúrgica.

🔵ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO
NORMAS DE SEGURANÇA E PREVENÇÃO:
❇️Atualização dos contactos de emergência das crianças;
❇️À chegada e saída da instituição, as crianças devem ser entregues/recebidas individualmente pelo seu encarregado de educação, ou pessoa por ele designada, à porta do estabelecimento, evitando, assim, a circulação de pessoas externas no interior do recinto;
❇️Será medida à entrada, durante o dia e à saída, diariamente, a temperatura das crianças, com recurso a termómetro infravermelho. Não é permitida a entrada e / ou permanência da criança com febre, bem como outros sinais e sintomas associados à infeção pelo Covid-19: febre (temperatura ≥ 38.0ºC); tosse; dificuldade respiratória (ex: falta de ar) e diarreia.
❇️Os encarregados de educação, ou pessoa por ele designada, devem usar máscara;
❇️As crianças têm que ter dois pares de calçado na instituição: um par para usarem no interior e outro no exterior.
❇️As crianças devem trocar o calçado que levam de casa (os encarregados de educação terão que o levar para casa) por outro apenas utilizado no espaço do Jardim de Infância. Este calçado extra permanece no estabelecimento de educação, devendo ser higienizado, todos os dias, após a saída da criança. Os profissionais deverão cumprir a mesma orientação.
❇️As crianças não podem levar brinquedos ou outros objetos não necessários de casa para a creche;
❇️Os bibes das crianças devem ser higienizados diariamente pelo que devem, preferencialmente, ter dois bibes;
❇️Após o 1.º dia, no regresso à instituição, não será permitida a entrada de mochilas / sacos / objetos.

🔵 IDENTIFICAÇÃO DE CASO SUSPEITO:
Perante a identificação de um caso suspeito (se detetado no estabelecimento de educação), este deve encaminhar-se ou ser encaminhado para a área de isolamento, pelos circuitos definidos no Plano de Contingência.
Sempre que se trate de uma criança, a pessoa responsável deve permanecer com a criança na sala de isolamento, cumprindo com as precauções básicas de controlo de infeção, nomeadamente quanto à higienização das mãos.
Deve ser contactada a Linha SNS24 (808 242424) e proceder de acordo com as indicações fornecidas.
As Autoridades de Saúde locais devem ser imediatamente informadas do caso suspeito e dos contactos do grupo, de forma a facilitar a aplicação de medidas de Saúde Pública aos contactos de alto risco. Para o efeito, os estabelecimentos devem manter atualizados os contactos das Autoridades de Saúde territorialmente competentes.
Se o caso suspeito for uma criança, deve ser contactado, de imediato, o respetivo encarregado de educação.
Deve-se reforçar a limpeza e desinfeção das superfícies mais utilizadas pelo caso suspeito, bem como da área de isolamento, nos termos da Orientação 14/2020 da DGS.
Os resíduos produzidos pelo caso suspeito devem ser acondicionados em dois sacos de plástico, resistentes, com dois nós apertados, preferencialmente com um adesivo/atilho e devem ser colocados em contentores de resíduos coletivos após 24 horas da sua produção (nunca em ecopontos).

🔴 NOTA:
Este documento foi elaborado, tendo por base:
Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-C/2020, de 30 de abril. [Disponível em linha: https://dre.pt/application/conteudo/132883346]

Orientações do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social para a reabertura da resposta social do Pré-Escolar. [Disponível em linha: file:///C:/Users/Admin/Downloads/74.%20Orienta%C3%A7%C3%B5es%20para%20a%20Reabertura%20da%20Educa%C3%A7%C3%A3o%20Pr%C3%A9-Escolar%20(1).pdf].

Recomendações: Adaptar os Locais de Trabalho / Proteger os Trabalhadores. [Disponível em linha: https://www.act.gov.pt/…/No…/Documents/19_MEDIDAS-280420.pdf ]

Orientação da Direção Geral de Saúde (DGS) NÚMERO: 006/2020, 26/02/2020: Procedimentos de prevenção, controlo e vigilância em empresas. [Disponível em linha: https://www.dgs.pt/…/orientacao-n-0062020-de-26022020-pdf.a…]

Orientação da Direção Geral de Saúde (DGS) NÚMERO: 14/2020, 31/03/2020: Limpeza e desinfeção de superfícies em estabelecimentos de atendimento ao público ou similares. [Disponível em linha: https://www.dgs.pt/…/orientacao-n-0142020-de-21032020-pdf.a…]

Orientação da Direção Geral de Saúde (DGS) NÚMERO: 25/2020, 31/03/2020

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

OFERTA – Estágio profissional para Educadora de Infância

LOCAL – Viseu

NOTA: para se candidatar, envie email para: obrassociaiscmsmviseu@gmail.com
– com o currículo vitae e carta de motivação.

Estágios com a duração de 9 meses, não prorrogáveis, tendo em vista promover a inserção de jovens no mercado de trabalho ou a reconversão profissional de desempregados.

CONTACTO – 232 414 908

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
https://www.iefp.pt/estagios

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

USE MÁSCARA: “CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS”

Hoje destacamos a campanha de sensibilização para a importância do uso da máscara: “Cuide de Si, Cuide de Todos”

😷 Vamos usar máscara para proteção de todos!
👉É necessário promover o distanciamento social e usar proteção individual, de forma a reduzir as possibilidades de contágio.
👉Quando sair de casa use máscara em espaços públicos.
👉O uso público de máscara reduz o risco de contágio através de pessoas que estão infetadas e que não apresentam sintomas.
#viseudaolafoes #UmConselhodaDGS #SejaUmAgentedeSaudePublica

Viseu Dão Lafões

Cuide de Si, Cuide de Todos!

Gepostet von Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões am Samstag, 9. Mai 2020

As Obras Sociais Viseu, no âmbito do projeto SOS Viseu, estão a confeccionar máscaras sociais ou de uso comunitário para ofertar aos Lares & IPSS. Está também em desenvolvimento a produção de máscaras para o Comércio Local.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

AÇÃO DE NEBULIZAÇÃO

Excelentíssimas senhoras e senhores,
Informamos que as Obras Sociais Viseu procederão, na próxima semana, à nebulização de todos os espaços da instituição.
Trabalhamos, afincadamente, para poder garantir as condições necessárias de segurança aos nossos colaboradores, utentes e famílias.
Gratos pela vossa confiança nos nossos serviços.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

SOS VISEU AO SERVIÇO DA COMUNIDADE

O SOS Viseu lança uma conta solidária para aquisição de equipamentos de proteção individual.
Esta semana, de 5 a 11 de maio, estará em funcionamento uma conta solidária que tem como objetivo a angariação de donativos para a aquisição de recursos de proteção individual, cujos destinatários serão as IPSS e lares de Viseu.
O IBAN desta conta bancária é o PT50 0036 0034 99100525400 54 e qualquer cidadão poderá fazer o seu donativo.
Lançado no passado dia 3 de abril, o projeto SOS Viseu, liderado e assegurado pelas Obras Sociais da Câmara Municipal e Serviços Municipalizados de Viseu, em parceria com o Município de Viseu, a Associação Empresarial da Região de Viseu (AIRV), a Associação Comercial do Distrito de Viseu (ACDV) e a VISEU MARCA, apresenta já resultados muito positivos, que refletem a mobilização e solidariedade do tecido empresarial local e regional no apoio aos lares e IPSS do concelho.
Desde o arranque do projeto, foram já 65 as empresas e fornecedores contactados, dos quais 33 responderam já ao repto lançado, disponibilizando produtos e orçamentos para a aquisição de material, a preço reduzido, por parte das instituições, tendo em conta o contexto da atual pandemia COVID-19. Algumas destas empresas ofereceram também 1200 viseiras, 500 sabões e 100 máscaras cirúrgicas, material que será distribuído pelas instituições que manifestaram necessidade de apoio de material de proteção.
Foram efectuadas cerca de 500 articulações (contactos telefónicos, por correio electrónico e presenciais), no universo de entidades referenciadas: 44 com 1272 colaboradores.
Por outro lado, e numa iniciativa complementar do SOS Viseu, que lançou um apelo para a doação de material para confeção de máscaras comunitárias/sociais para oferta a estas instituições, as Obras Sociais e várias costureiras voluntárias lançaram já mãos à obra, encontrando-se a produzir as referidas máscaras. Até à data, o número de máscaras concluídas e entregues é de 1300. Contudo, numa 1ª fase, e com as doações financeiras e materiais já realizadas, o número chegará às 1700.
As Obras Sociais estão em contacto com as diversas instituições, procurando recolher as necessidades de máscaras de cada uma. Uma vez que estas máscaras são têxteis – não se enquadrando como equipamentos de proteção individual ou dispositivo médico -, o objetivo passa por oferecer estas aos utentes e colaboradores que não trabalhem diretamente com estes, contribuindo assim para uma proteção complementar no interior das próprias instituições.
Recorde-se que o projeto SOS VISEU surge com o objetivo de melhorar e promover o interface entre a procura e a oferta deste tipo de equipamento, entre as instituições e as empresas, estimulando a responsabilidade social e a solidariedade de empresas e cidadãos, através de donativos ou da prática de preços sociais neste especial contexto de crise.
Este projeto permite ainda identificar as atuais necessidades de equipamento de proteção individual da parte das IPSS e lares de Viseu e as respostas e stocks disponíveis no mercado, e respetivos fornecedores (designadamente locais e regionais), articulando-as.
#SosViseu #Comunidade #TerceiroSetor #ObrasSociaisViseu #Viseu #MunicipioViseu #AIRV #ACV #ViseuMarca #Solidariedade #ContaSolidaria
Obras Sociais Viseu Município de Viseu Viseu Marca AIRV – Associação Empresarial da Região de Viseu SAAS VISEU OBRAS SOCIAIS VISEU Clas Viseu Projetos Obras Sociais Viseu
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

CONTA SOLIDÁRIA SOS VISEU

➡️ SOS Viseu lança conta solidária para aquisição de equipamentos de proteção individual.
Esta semana, de 5 a 11 de maio, estará em funcionamento uma conta solidária que tem como objetivo a angariação de donativos para a aquisição de recursos de proteção individual, cujos destinatários serão as IPSS e lares de Viseu.
✅ O IBAN desta conta bancária é o PT50 0036 0034 99100525400 54 e qualquer cidadão poderá fazer o seu donativo.
Desde o arranque do SOS Viseu, foram já 65 as empresas e fornecedores contactados, dos quais 33 responderam ao repto lançado, disponibilizando produtos e orçamentos para a aquisição de material, a preço reduzido, por parte das instituições.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon