DESFILE DE CARNAVAL

Participaremos, amanhã, no desfile escolar de Carnaval que junta crianças dos Jardins de Infância e das Escolas do Primeiro Ciclo do Concelho de Viseu que terá como palco o Pavilhão Multiusos de Viseu.

Contamos com a presença de todas as famílias para apoiar os simpáticos participantes.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

CLDS 3G Viseu Igual promove Plano de Formação para Dirigentes e Técnicos Associativos

O CLDS 3G Viseu Igual, no âmbito da execução do Eixo 3 – Capacitação da Comunidade e das Instituições, promove um plano de formação destinado a capacitar Dirigentes Associativos e/ou Técnicos de Organizações do Terceiro Setor.

Este plano composto por 3 cursos de formação de curta duração inclui matérias essenciais para as Associações, fornecendo-lhes recursos que permitam melhorar a sua gestão, manterem-se a par de novos conceitos e programas, no sentido de serem cada vez mais empreendedoras e utilizarem melhor as oportunidades existentes. Formas de promoção e revitalização das associações; fontes de financiamento disponíveis para as associações; promoção das associações; proximidade com os associados; exemplos de boas práticas em termos associativos; novas tecnologias enquanto ferramentas de controlo da atividade das organizações, trabalho em rede, avaliação de impacto social são alguns dos conteúdos a  abordar nestes cursos. As Ações de Formação têm a duração de 16 horas/cada, em horário pós-laboral, e decorrem na cidade de Viseu.

As inscrições são gratuitas mas limitadas ao número de vagas existentes.

Para mais informações e inscrições contactar CLDS 3G Viseu Igual (morada: Rua João Mendes (Rua das Bocas), nº 51, R/c dt. I email: clds3gviseuigual@gmail.com I telefone: 232 452 271)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

GRUPO DE AJUDA MÚTUA

“Decorreu no passado dia 14 de Fevereiro a 52.ª sessão do Grupo de Suporte para Cuidadores Formais e Informais de Pessoas com Demência do CAAV.

Sendo este dia comemorado Internacionalmente como sendo o dia do Amor, a sessão foi dedicada à reflexão acerca de temas como qualidade de vida e que influência o amor pode ter na mesma.

Como palavras chave, para os participantes, o amor está diretamente relacionado com o termo afetividade, que vai muito além do amor entre parceiros, mas que pode ser transportado para outras relações interpessoais, nomeadamente as vividas no grupo de suporte.

O tema qualidade de vida depende da faixa etária e do ciclo de vida em que o individuo se insere. De forma a avaliar a qualidade de vida nos idosos a OMS desenvolveu o instrumento complementar WHOQOL-OLD, constituído por 6 facetas, nomeadamente o funcionamento sensorial, autonomia, atividades passadas, presentes e futuras, participação social, morte e morrer e intimidade. Sendo que na análise no âmbito do modelo Rasch permitiram estabelecer a versão Portuguesa, integrando para além das dimensões originais a faceta familiar/vida familiar.

SOMOS TODOS SERES DE AFETOS”

Sandrina Neri
Jenny Silva
Emília Vergueiro

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

VIVA A CRECHE!

Uma rápida consulta à Wikipédia permite-nos obter uma breve definição da resposta social Creche: “Uma creche é um estabelecimento educativo que ministra apoio pedagógico e cuidados às crianças com idade até três anos de idade. Conforme o país e o seu sistema educativo, a creche pode integrar-se na educação pré-escolar ou na educação infantil.”

De acordo com o Manual de Processos-Chave da Creche[1], editado pelo Instituto da Segurança Social, IP, A Creche constitui uma das primeiras experiências da criança num sistema organizado, exterior ao seu círculo familiar, onde irá ser integrada e no qual se pretende que venha a desenvolver determinadas competências e capacidades.”

Segundo um estudo recente – Early childcare type predicts children’s emotional and behavioural trajectories into middle childhood. Data from the EDEN mother–child cohort study[2]as crianças que beneficiaram de uma resposta social coletiva do tipo creche denotam menos problemas emocionais e relacionais durante os seus primeiros anos de frequência da escolaridade obrigatória.

O estudo permitiu aos investigadores analisar mais de 1400 crianças, desde a data do seu nascimento até à idade de 8 anos. A análise efetuada permitiu observar uma correlação entre a frequência de uma resposta social, que permite a interação da criança com os seus pares, e uma personalidade mais calma e empática. As crianças que frequentaram, pelo menos um ano, uma creche apresentam-se mais equilibradas do que aquelas que foram cuidadas por uma ama ou no seio da sua família.

Se for trabalhada precocemente a socialização, o valor da partilha e o respeito pelas regras, poder-se-á potenciar o desenvolvimento das competências psicossociais das crianças, facilitando-lhes a adaptação aquando da entrada no ensino pré-escolar e básico.

Num país como Portugal em que assistimos a um acelerado envelhecimento demográfico – nascem cada vez menos crianças e a esperança de vida tem vindo a aumentar – fará todo o sentido criarem-se políticas de apoio à natalidade.

Uma das medidas deverá passar pelo aumento da capacidade instalada da resposta social creche e também pelo reforço dos apoios às famílias que por ela optem, dando especial atenção às de menores rendimentos para que não desistam de ter filhos pela incapacidade de encontrarem uma resposta de qualidade e acessível, tendo em linha de conta o orçamento exíguo de que dispõem.

[1] http://www.seg-social.pt/documents/10152/13673/gqrs_creche_processos-chave/5336ef3a-bbae-4297-a12d-de678dfeb347

[2] http://press.psprings.co.uk/jech/september/jech210393.pdf

José Carreira – Presidente das Obras Sociais Viseu

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

4º Congresso de Envelhecimento Ativo: Atividade Física e Saúde

O Município de Viseu, em parceria com a Escola Superior de Educação de Viseu, organiza o 4º Congresso de Envelhecimento Ativo: Atividade Física e Saúde que tem lugar na Aula Magna e no Pavilhão Multiusos do Instituto Politécnico de Viseu.

O 4º Congresso de Envelhecimento Ativo: Atividade Física e Saúde tem como Parceiros Institucionais o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a Fundação do Desporto.

Estarão também representadas a Comissão Intersectorial para a Promoção da Atividade Física e o Programa Nacional de Promoção para a Atividade Física (PNAPAF-DGS).

Esta edição apresenta, como Parceiros Estratégicos, a Associação Portuguesa de Gestão de Desporto (APOGESD), a Rede de Escolas com Formação em Desporto do Ensino Superior Politécnico Público (REDESPP), a Rede de Universidades Séniores (RUTIS), a Associação Portuguesa de Fisiologistas do Exercício (APFE), a Associação Portuguesa de Psicomotricidade (APP), a Associação Portuguesa de Técnicos de Exercício Físico (APTEF), a União Portuguesa dos Diretores e Técnicos de Exercício Físico (UPDTEF), a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), Associação Portuguesa para a Promoção do Envelhecimento Ativo e Saudável (APpEAS) e a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP).

Os Parceiro Científicos do Congresso são a Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV-IPV), a Escola Superior de Saúde de Viseu (ESSV-IPV), a Universidade Católica Portuguesa (UCP) e a Escola Superior de Saúde Jean Piaget (ESS Viseu).

Na continuidade das três anteriores edições, este Congresso tem como objetivo a reflexão e o debate acerca da problemática do Envelhecimento Ativo baseado num paradigma biopsicossocial e dos desafios presentes e futuros que se colocam às instituições públicas, a nível central e local; dos benefícios de uma abordagem interdisciplinar entre as áreas do Desporto/Atividade Física e Saúde; partilhar e difundir boas práticas, a nível nacional, de promoção de estilos de vida mais saudáveis, participativos e de maior qualidade de vida e felicidade.

Mais informações muito brevemente em VISEU ATIVO e no SITE do congresso.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon