CLDS 3G VISEU IGUAL

OBJETIVOS E PRINCÍPIOS:

O programa CLDS-3G tem como finalidade promover a inclusão social dos cidadãos, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social. Pretende-se assim:

– Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e ou regionais de modo a potenciar o território e a empregabilidade;

– Promover o desenvolvimento de instrumentos facilitadores tendo em vista a mobilidade de pessoas a serviços de utilidade pública, a nível local, reduzindo o isolamento e a exclusão social;

– Promover o desenvolvimento de instrumentos capacitadores das instituições da eco-nomia social promovendo a implementação de serviços partilhados, que permitam uma maior racionalidade de recursos e a eficácia de gestão;

– Promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissectorial e integrada, através de ações, a executar em parceria, que permitam contribuir para o aumento da em-pregabilidade, para o combate a situações críticas de pobreza, particularmente infantil, da exclusão social de territórios vulneráveis, envelhecidos ou fortemente atingidos por calamidades;

– Promover a concretização de medidas que promovam a inclusão ativa das pessoas com deficiência e incapacidade, bem como a capacitação das instituições.

CONTEXTO:

O Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (Programa CLDS) foi criado com a finalidade originária de promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos.

No âmbito do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF) a que Portugal esteve sujeito, alguns instrumentos de política pública foram ajustados de modo a ir de encontro às necessidades concretas das pessoas e territórios.

Nesse âmbito e considerando a importância dos CLDS como instrumento de política social de proximidade, foi criada uma nova vaga de CLDS, os CLDS+, adequando os seus instrumentos de intervenção às circunstâncias do país, num modelo que atribuiu um maior enfoque aos territórios afetados pelo desemprego e territórios marcados por situações críticas de pobreza em especial a pobreza infantil.

Decorridos dois anos após a implementação do modelo de intervenção dos CLDS+ as circunstâncias do país alteraram-se significativamente, desde logo pelo facto de Portugal ter conseguido, com sucesso, cumprir com o PAEF, recuperando a credibilidade e a confiança dos mercados internacionais e o respeito dos seus pares europeus.

Com o atual contexto económico e social do país vislumbra-se ser necessário voltar a adaptar o modelo de intervenção dos CLDS, que passará agora a designar-se como CLDS de 3.ª Geração (CLDS-3G), de modo a potenciar os territórios e a capacitação dos cidadãos e famílias neste ciclo de crescimento económico que se inicia, promovendo a equidade territorial, a igualdade de oportunidades e a inclusão social nas suas mais diversas dimensões.

Os CLDS-3G, como importante instrumento de intervenção de proximidade, são agora fortalecidos na sua base de atuação, realinhando-se os seus objetivos fundamentais, reforçando-se a proatividade de todos os agentes na busca de soluções para as diferentes problemáticas dos cidadãos e promovendo o crescimento sustentável e inclusivo dos territórios.

Assim e no que toca às medidas de promoção ao emprego, somam-se, às iniciativas tradicionais, a capacidade dos CLDS-3G contribuírem para potenciar as economias locais e regionais e, dessa forma, serem gerados novos postos de trabalho sustentáveis e duradouros.

Sobre o domínio do combate ao isolamento e à exclusão de pessoas envelhecidas ou com mobilidade reduzida incorporam-se instrumentos que possibilitem dinâmicas de intervenção nos domínios da capacitação e a integração social, bem como pela criação de ações que promovam uma cultura de bem-estar e de proximidade.

Pretende-se ainda, com os CLDS-3G que haja uma clara e objetiva atuação no desenvolvimento de medidas que promovam a inclusão ativa das pessoas com deficiência e incapacidade, e de medidas de combate às situações de exclusão social, em particular à pobreza infantil que surge ligada aos agregados familiares com crianças e jovens, capacitando as suas famílias com os instrumentos necessários e adequados para uma integração social com sucesso.

EIXOS DE INTERVENÇÃO:

Eixo de Intervenção 1 – Emprego, Formação e Qualificação

Eixo 2 – Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza

Eixo de Intervenção 3 – Capacitação da Comunidade e das Instituições

A nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/ViseuIgual-483334901837789/

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

PEDRO ALBUQUERQUE: ARTE SOLIDÁRIA

O artista viseense Pedro Albuquerque deu, uma vez mais, provas da sua generosidade e altruísmo.

Aceitou o desafio que lhe foi lançado pelas Obras Sociais do Pessoal da CM e SM de Viseu para ilustrar dois painéis que ilustrassem os objetivos do Programa CLDS + Contrato Local de Desenvolvimento Social Viseu Igual que terá a instituição como Entidade Coordenadora Local da Parce­ria (ECLP).

Pedro Albuquerque, nascido em Viseu em 1953, autodidacta, além de possuir uma vasta obra multifacetada (óleo, escultura, azulejaria, medalhística, design, heráldica…) é considerado um dos melhores especialistas da Europa em iluminuras e pergaminhos.

O artista trabalhou com o objetivo de representar o concelho de Viseu (rural e urbano) e todas as pessoas da comunidade, crianças, jovens, adultos e seniores, famílias…

Pedro Albuquerque explicará cada um dos trabalhos quando for inaugurado o espaço que servirá de sede do projeto, em data a anunciar.

O projeto VISEU IGUAL tem três eixos de intervenção:

Eixo de Intervenção 1 – Emprego, Formação e Qualificação.

Eixo 2 – Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza.

Eixo de Intervenção 3 – Capacitação da Comunidade e das Instituições.

OBRIGADO PEDRO!!!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Grupos de Suporte para Familiares e Amigos – VISEU

Uma oportunidade de encontro de familiares e amigos de pessoas com demência, cuidadores que vivem problemas idênticos e que, em comum, os podem analisar, trocando impressões e experiências, dando e recebendo sugestões.

O Grupo de Ajuda Mútua do Centro Apoio Alzheimer Viseu reúne, habitualmente, nas segundas quintas-feiras de cada mês, entre as 16 e as 18h, na Rua João Mendes, nº51, R/C Esq, Viseu.

Os cuidadores interessados em integrar o Grupo deverão entrar em contacto através do telefone 232 458235/ 93 4886264 ou do e-mail centroapoioalzheimerviseu@gmail.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Organização pessoal e gestão do tempo

Curso: Organização pessoal e gestão do tempo – Carga Horária: 25 horas


Objetivos:

–  Aplicar as técnicas de organização pessoal e gestão do tempo com vista a otimizar o planeamento das atividades e o cumprimento dos objetivos.


Conteúdos:

– Técnicas para inventariação das atividades desenvolvidas

– Técnicas para análise das atividades desenvolvidas e sua priorização

– Identificação do potencial de melhoria de cada uma das atividades

– Regras básicas de organização pessoal

– Regras fundamentais da gestão do tempo

– Desenvolvimento de planos de ação de melhoria de desempenho utilizando as regras básicas de gestão do tempo e de organização pessoal.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Formação Modular Certificada: Organização pessoal e gestão do tempo

Cronograma:

18 de fevereiro,
24, de fevereiro,
25 de fevereiro e
02 de março,
03 de março,
09 de março,
10 de março
16 de março

Horário: 19h30 às 22h30

INSCRIÇÕES GRATUITAS E OBRIGATÓRIAS até 08 de Fevereiro.
INFORMAÇÕES:
E-MAIL – secretaria@obrassociais.pt
TELEFONE – 232 414 908

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Lia João – “Centenários Portugueses: Casos de Sucesso”

– 20 de Março – Dr.ª Lia João – “Centenários Portugueses: Casos de Sucesso”.

FNAC VISEU

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

Apresentação do livro “Como Chegar Novo a Velho”

– 12 de Março – Drº Pinto Coelho – Apresentação do livro “Chegar Novo a Velho”.

  • FNAC VISEU
  • 16H00

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

“Envelhecer no Século XXI”

“Envelhecer no Século XXI”
Já estamos a trabalhar no agendamento de novas atividades a dinamizar em Março e Abril.
Tome nota:
– 12 de Março – Dr.ª Pinto Coelho – Apresentação do livro “Chegar Novo a Velho”.
– 20 de Março – Dr.ª Lia João – “Centenários Portugueses: casos de Sucesso”.
– 09 de Abril – Agulha do Tempo – “Devaneios à Volta do Chá”

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon

PINTURA SOLIDÁRIA

No sábado, 23 de Janeiro de 2016, uma equipa de voluntários, constituída por colaboradores do Centro Distrital de Segurança Social de Viseu, colaborou na remodelação do espaço que servirá de sede ao Programa CLDS + Contrato Local de Desenvolvimento Social ViseuIgual que terá as Obras Sociais do Pessoal da CM e SM Viseu como Entidade Coordenadora Local da Parce­ria (ECLP).

Os Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS) têm por finalidade promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multisectorial e integrada, através de ações a executar em parceria, para combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos.

Segundo o Diretor da Segurança Social, Telmo Antunes, que também participou activamente na iniciativa faz todo o sentido que, no âmbito da responsabilidade social da entidade que dirige, possam ser desenvolvidas atividades que apoiem as instituições sociais a cumprir a sua missão e a atingirem os seus objetivos.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInShare on StumbleUpon